Estados Unidos relaxa os limites do uso de dados para prevenção do Terrorismo

Pessoalmente não gosto da gestão do Presidente Barack Obama, devido a inúmeros aspectos que vão desde a falta de comprovação do seu local de nascimento, relações não explicadas entre líderes islâmicos que financiaram a sua carreira estudantil, e em especial e mais preocupante o relaxamento iniciado em sua gestão do departamento de Homeland and Security (algo como Segurança de Estado).

Com esse prólogo, é que entra esse aspecto da segurança nacional que é de extrema importância. A Mineração de Dados aplicada a segurança de estado pode auxiliar de maneira quase que providencial como:

  • Análise de padrões de utilização de consumo de imigrantes;
  • Utilização de Cartões de Crédito em pessoas sob suspeita;
  • Reconhecimento de padrões de incidência criminal em determinadas regiões do país;
  • Mapeamento de rede de conexões de presos por práticas terroristas.

A maior mudança, sem sombra de dúvidas é a redução de Data Gathering (Aquisição, Retenção, Análise, e Armazenamento de Dados) do período de 5 anos para 180 dias; o que é extremamente péssimo em todos os sentidos de análise de dados. Para se ter uma idéia, se um suspeito de atividades terroristas comprar em 1 Jan 700 Kg de Fertilizante (Utilizado para criação de Bombas, como as que geraram o atentado em Oklahoma) em 10 de Jul o mesmo pode simplesmente comprar outros tipos de materiais para formulação da bomba, porém os dados adquiridos em Jan já não estarão disponíveis para análise; o que é sem dúvida uma aberração em termos de análise de dados só para ficar em um exemplo em particular.

Uma péssima medida que não somente fortalece os imimigos externos dos Estados Unidos, bem como fortalece e afrouxa a fiscalização para que não haja o terrorismo doméstico.

Para saber mais:

US Relaxes Limits on Use of Data in Terror Analysis.

National Counterterrorism Center New Guidelines

NCTC – 2012

National Counterterrorism Center Previous Guidelines

NCTC – 2008

Estados Unidos relaxa os limites do uso de dados para prevenção do Terrorismo

Mineração de Dados Públicos – Open Data Projects

Hoje com os eleitores tendo cada vez mais acesso à internet, bem como as iniciativas populares em prol de governos mais eficientes vem tornado os projetos de Open Data (Abertura de dados públicos) cada vez mais importantes na administração de uma cidade. Através desses dados, é possível cidadãos que detêm algum tipo de qualificação para análise desses dados levar ao seu vereador, deputado ou representante legislativo alternativas para os mais diversos problemas de sua cidade ou região utilizando dados que muitas das vezes é descartado pelos orgãos públicos.

Nesse link está uma iniciativa de agregação de dados relacionados a projetos de Open Data, e as cidades participantes nos EUA, Canadá e Europa.

Mineração de Dados Públicos – Open Data Projects

Mineração de Dados aplicada a dados Criminais

Apesar do ótimo trabalho de visualização de dados, o site do Diego Valle é sem dúvidas um ótimo exemplo de como a mineração de dados pode auxiliar na questão do trabalho de mapeamento e desenvolvimento de mancha criminal. Nesse caso ele utilizou os casos criminais do México. Ótimo trabalho.

Mineração de Dados aplicada a dados Criminais