Agrupamento de Ativos do Mercado Indiano para Administração de Portfólios

Este paper publicado na revista acadêmica Expert Systems with Applications traz um trabalho interessante no qual pesquisadores indianos utilizaram as técnicas de clustering para construção e administração de portfólios de ativos da bolsa de valores da Índia e compararam os resultados com o índice Sensex.

A pesquisa utiliza como parâmetro de seleção de ativos idéias relativas ao artigo Portfolio Selection de Markowitz, no qual a carteira seria composta não somente pelos ativos que tivessem um melhor retorno financeiro, mas que também tivessem um baixo risco.

Partindo desse princípio, as empresas seriam agrupadas em clusters de acordo com alguns indicadores de análise técnica, e em um momento segunte de acordo com o valor do índice de validação dos clusters seriam formados os portfólios com os pesos de cada companhia.

O artigo trás idéias interessantes e o ponto negativo (e que provavelmente não foram apresentados pelos autores por desconhecimento ou abstração) é que fatores técnicos são inadequados para esse tipo de classificação devido ao seu alto volume de transações, bem como a pesquisa é inviável em termos de atualização de dados para alocação de ativos. O artigo se tivesse focado em indicadores fundamentalistas, macroeconômicos e setoriais  para enquadrar a construção e gestão de portfólios apresentaria melhores resultados.

Clustering Indian stock market data for portfolio management

Agrupamento de Ativos do Mercado Indiano para Administração de Portfólios

Deixe o seu comentário inteligente e educado! :o)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s